Liliana Vasques

alguns trabalhos:

Põe Nivea Que Isso Passa (com Bruno Ministro, “streecker poetry”, maio-dezembro 2014 [Candonga])

Manobra de Heimlich (exposição de poesia visual, fevereiro 2014 @ Fábrica do Braço de Prata, junho 2014 @ LAR – Laboratório de Atividades Criativas)

poema por 1 dia (proto-projecto sobre (des)aparecimento digital de poesia, iniciado em janeiro de 2014)

distribuição e exposição de poemas visuais no PaperGirl – the art of giving art (Setembro de 2013)

colagens clandestinas de poesia visual no espaço público de Coimbra (várias datas, sítios vários)

participação nas revistas Oficina de Poesia e Rua Larga (várias datas, Coimbra)

poemas publicados nas plataformas electrónicas Revista Laboratorio, a glimpse of,  Poema Visual e M58 (ver os poemas aqui, aqui e aqui)

outras latitudes:

espaço no Cargo Collective: pequenoVê

outras cartografias:

colectivo aranhiças & elefantes (setembro 2007 a setembro 2013)

blogue de “escangalhanço”
página no Facebook
canal no Youtube

álbum de poesia sonora e experimental desde que nasceu: vende-se compra-se oferece-se procura-se (também documentado no arquivo PO-EX)

organização e dinamização do Poetry Slam Coimbra (dezembro 2011 a dezembro de 2013)

//

uma perninha nxs poetas extraviadxs (em breve)

Anúncios